- PUBLICIDADE -

Faixa de Gaza tem internet cortada, afirma embaixada do Brasil

A empresa de telefonia Palestina Jawal informou na tarde desta sexta-feira (27) que todas as comunicações com a Faixa de Gaza foram cortadas. A informação foi confirmada pela Escritório de Representação do Brasil em Ramala, na Palestina.

A empresa Jawal enviou mensagem informando sobre os cortes. “Nosso honorável povo em nossa amada pátria, lamentamos anunciar a cessação completa de todas as comunicações e serviços de Internet com a Faixa de Gaza à luz da agressão em curso”, diz o comunicado.

A companhia acrescentou que os intensos bombardeios destruíram as últimas rotas internacionais de telecomunicações que ligavam Gaza ao mundo exterior. “O que levou à interrupção de todos os serviços das empresas de telecomunicações da querida Faixa de Gaza”, finaliza a curta mensagem enviada pela empresa palestina.

A Agência Brasil tentou confirmar a informação com três brasileiros que estão no enclave palestino, mas as mensagens enviadas por aplicativo não foram encaminhadas, indicando a falta de conexão.

Completam 21 dias nesta sexta-feira dos bombardeios de Israel à Faixa de Gaza iniciados após o ataque do grupo Hamas contra Israel no dia 7 de outubro. Sem eletricidade desde o ataque do Hamas, a população sofre com escassez de água, gás e alimentos.

Desde o início do conflito atual, mais de 1.400 israelenses foram mortos, a maioria no dia 7, e outras 200 pessoas foram feiras reféns pelo Hamas, segundo o governo de Israel. Na Palestina, os mortos já somam mais de 7.300 pessoas, sendo 3.038 crianças, segundo dados do Ministério da Saúde de Gaza.

Fonte: Agência Brasil

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -