- PUBLICIDADE -

Flamengo conquista tricampeonato na Copa Super 8 de basquete

O Flamengo conquistou, na noite do último sábado (3), o título da Copa Super 8 pela terceira vez. O torneio, disputado em formato mata-mata, reuniu os oito times mais bem colocados da temporada 2023/2024 do Novo Basquete Brasil (NBB), principal campeonato nacional masculino. O resultado garante os cariocas na próxima Champions League das Américas, equivalente à Libertadores na modalidade.

Para ficar com a taça, o Rubro-Negro superou a Unifacisa, de Campina Grande (PB), por 83 a 77, no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro. O time carioca se isolou como maior vencedor do Super 8, deixando para trás o Sesi Franca, que tem dois títulos.

Do atual elenco, dois jogadores estiveram presentes nas conquistas anteriores do Flamengo, em 2018 e 2021: o armador Franco Balbi e o ala-pivô Olivinha. Este último, aos 40 anos, é um dos maiores vencedores do basquete rubro-negro e nacional. Além dos três títulos do Super 8, o veterano, que está na 16ª temporada defendendo o clube do Rio de Janeiro, levantou seis troféus do NBB, dez do Campeonato Carioca, dois Mundiais e uma Champions das Américas.

“Eu jamais imaginei receber todo esse carinho, essa torcida rubro-negra me abraçou de uma forma fenomenal. Esse carinho do torcedor comigo não tem preço. Nunca imaginei ser tão vencedor com a camisa rubro-negra, tem um torcedor aqui na minha frente me chamando de ídolo”, disse Olivinha, ao site da Liga Nacional de Basquete (LNB).

“Dei uma sorte de pegar uma geração gloriosa, que praticamente ganhou todos os títulos. Eu acho que a diretoria merece um crédito muito grande por toda temporada montar equipes para disputar os títulos. Não é para participar. Nós, jogadores, tentamos corresponder dentro da quadra toda expectativa que sempre é criada no início do campeonato”, completou o jogador de 40 anos.

No duelo contra a Unifacisa, o destaque da vitória do Flamengo foi Gabriel Jaú. O ala/pivô anotou 16 pontos e ainda apanhou 11 rebotes, sendo eleito o jogador mais valioso (MVP, sigla em inglês que significa Most Valuable Player) da final. Outro que brilhou foi o ala-armador Didi Louzada, com 16 pontos e nove rebotes, além de quatro assistências. O cestinha do confronto foi da Unifacisa. Armador da equipe paraibana, Facundo Corvalan fez 20 pontos e distribuiu quatro assistências.

O Flamengo se credenciou ao Super 8 após ter feito a melhor campanha do primeiro turno do NBB, o que deu à equipe a vantagem de fazer os jogos do mata-mata em casa. Nas quartas de final, o Rubro-Negro derrotou o Bauru por 86 a 67. Na semi, superou o Paulistano por 83 a 82, graças a uma cesta de três pontos de Didi, no último segundo.

Neste momento, a equipe carioca aparece na vice-liderança do NBB, com 19 vitórias e quatro derrotas (82,6% de aproveitamento). O Minas Tênis Clube está em primeiro, com 20 triunfos e três reveses (87%). O Franca é o terceiro (81,8%). O Vasco (69,6%) conclui o grupo dos quatro primeiros colocados, que se classificam diretamente às quartas de final. A Unifacisa, vice do Super 8, vem logo atrás, em quinto (65,2%).

Fonte: Agência Brasil

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -