Atlético-GO bate Corinthians e sai na frente na Copa do Brasil

O Atlético-GO mostrou o porquê de ser um dos visitantes mais indigestos do Corinthians na Neo Química Arena. Nesta quarta-feira (2), o Dragão atingiu a terceira vitória sobre o Timão em quatro jogos no estádio alvinegro. Desta vez, por 2 a 0, no duelo de ida do confronto pela terceira fase da Copa do Brasil.

Foi o segundo triunfo rubro-negro seguida na arena corintiana. O anterior havia sido no último domingo (30), por 1 a 0, pela rodada de abertura do Campeonato Brasileiro. A vitória desta quarta, por sua vez, aproxima o clube goiano das oitavas de final – e de uma premiação de R$ 2,7 milhões.

Para reverter a desvantagem no confronto, o Timão tem de vencer por três ou mais gols de diferença o jogo de volta, na próxima quarta-feira (9), às 21h30 (horário de Brasília), no estádio Antônio Accioly, em Goiânia. O Atlético se classifica até se perder por um gol de saldo. Em caso de empate no placar agregado, a decisão será nos pênaltis.

Ter a posse da bola por mais de 60% do tempo nem de perto significou superioridade para o Corinthians. Antes mesmo da metade da primeira etapa, o Atlético já vencia por 2 a 0. Aos nove minutos, o lateral Dudu recebeu do meia João Paulo pela direita e cruzou para o atacante Ronald abrir o placar na pequena área. Dez minutos depois, Ronald subiu em contra-ataque pela direita, entrou na área e rolou para João Paulo mandar para as redes, aumentando a vantagem.

A única chance dos anfitriões no primeiro tempo foi uma cabeçada do meia Ángelo Araos, após cruzamento do meia Ramiro, defendida pelo goleiro Fernando Miguel. O cenário não mudou depois do intervalo. O Corinthians tinha a bola, mas com dificuldades para escapar das duas linhas de marcação do Atlético. Na bola aérea, Mateus Vital até assustou aos 12 minutos, mas Fernando Miguel evitou o gol na cabeçada do atacante.

A missão alvinegra ficou mais difícil aos 17 minutos, quando o lateral Fagner travou o contra-ataque com falta em cima do atacante Zé Roberto e foi expulso pelo segundo amarelo. Aproveitando a vantagem numérica, os goianos quase ampliaram aos 32. Primeiro, o goleiro Cássio salvou um arremate de Pablo Dyego, frente a frente com o atacante. Em seguida, o atacante Lucão cabeceou no travessão. Com o duelo sob controle, o Dragão administrou o resultado.

Antes do reencontro, os times mudam a chave para o Brasileiro. Neste sábado (5), às 19h, o Atlético recebe o São Paulo no Antônio Accioly. No domingo (6), às 16h, o Corinthians visita o América-MG no Independência, em Belo Horizonte.

O América, aliás, também esteve em campo nesta quarta e não saiu do zero com o Criciúma, no Independência, no primeiro jogo do confronto pela terceira fase da Copa do Brasil. Em caso de nova igualdade na partida de volta, na quarta que vem, às 21h30, no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC), a decisão será nos pênaltis.

O Coelho teve a chance de abrir o placar logo aos dois minutos, em pênalti sofrido por Ademir, mas o também atacante Rodolfo desperdiçou a cobrança, chutando à direita da meta. O duelo seguiu truncado no primeiro tempo, sem chances claras de gol. Na etapa final, o goleiro Gustavo salvou uma finalização do atacante Ribamar, da entrada da área, aos 33 minutos. Sem contar o pênalti, foi a melhor oportunidade da partida.

Se o América joga com o Corinthians no domingo, o Criciúma enfrenta o São José-RS no mesmo dia, às 18h, no estádio Passo d’Areia, em Porto Alegre, pela segunda rodada do Grupo B da Série C do Brasileirão.



Fonte: Agência Brasil

Continue Lendo

[wce_code id=1]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
x