- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Secretaria de Trabalho do DF anuncia novos cursos profissionalizantes para 2021

Programas coordenados pela pasta buscam o aumento da qualificação profissional da mão de obra local; confira o que será ofertado este ano

Por Ricardo Ulivestro

A Secretaria de Trabalho do Distrito Federal planeja abrir novos cursos de qualificação profissional este ano. A informação foi confirmada pelo secretário-executivo da pasta, Ivan Alves, que, em entrevista à Agência Brasília, afirmou está sendo elaborada uma vasta programação de cursos profissionalizantes para serem oferecidos já nos próximos meses.

“Está prevista licitação para cursos de educação à distância. Quem se inscrever, poderá fazer quantos cursos conseguir, em um período de dois meses, dentre 84 opções diferentes, podendo, inclusive, serem acrescidos mais cursos dependendo da demanda do setor produtivo. Todas as capacitações terão duração de 160h/aula”, disse Ivan Alves.

Também serão oferecidas capacitações na modalidade semipresencial, em 32 cursos diferentes, em unidades móveis que serão colocadas, de forma itinerante, em várias regiões administrativas do DF.

Responsável pelo projeto, Secretaria do Trabalho lançará novos editais para capacitações em 2021

No final do ano passado, a pasta, em pareceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) abriu vagas para os cursos de auxiliar de manutenção com noções em seis profissões: carpinteiro, eletricista, encanador, serralheiro, pedreiro e jardineiro. Tratava-se do Renova-DF, programa idealizado pela secretaria para reciclar a mão de obra do Distrito Federal. Além garantir acesso ao curso, o programa dava também um incentivo de no valor de R$ 1.045, mais auxílio-transporte de R$ 152 para cada participante.

“Tudo o que for aprendido será aplicado na conservação do patrimônio público da cidade, como praças, parques infantis, Pontos de Encontros Comunitários (PEC), calçadas e paradas de ônibus”, lembra o subsecretário de Qualificação Profissional, Aníbal Araújo.

Outro programa lançado pela secretaria e que já começa a dar resultados é o Partiu Futuro. Voltado para qualificação profissionais de jovens, o programa formará, em breve, quatro mil jovens para atuarem em áreas de artesanato e outros ramos de atividade como assistente administrativo, atendente de consultório, auxiliar de contabilidade, maquiagem, montagem e manutenção de microcomputadores, programador android, redes e teleprocessamento, robótica, webdesigner, garçom, barman, barista, organizador de eventos e mecânico de automóveis.

*Ricardo Ulivestro – Jornalista, membro da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno – ABBP

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
x