- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Por conta da covid-19, Caesb adia pela 3ª vez o aumento na tarifa de água

O aumento só deve ocorrer em junho de 2021, decisão foi tomada nesta segunda-feira (21); desde junho a empresa adotou uma nova estrutura tarifária

Por Ricardo Ulivestro

Pela terceira vez, desde que foi anunciado o reajuste na tarifa de água do Distrito Federal, que a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) adia a decisão de elevar os valores em razão da pandemia de covid-19. Como a doença afetou a economia local e nacional, gerando desemprego e reduzindo as rendas das famílias, a Caesb optou por prorrogar o prazo do aumento da tarifa para o dia 1º de junho de 2021.

De acordo com a Caesb, todo impacto financeiro que a estatal venha a ter com esse adiamento será revertido quando as faturas começarem a ser cobradas no próximo ano. A decisão da empresa foi divulgada no Diário Oficial do DF (DODF), no texto da decisão, a Caesb também ressalta que, a data pode ser alterada, após avaliação “durante o período de enfrentamento da emergência de saúde pública no Distrito Federal em decorrência da disseminação da Covid-19”.

A decisão de prorrogar a data do aumento na cobrança veio da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do DF (Adasa). Desde junho deste ano, a Caesb também passou a trabalhar com uma nova estrutura tarifária, que reduziu o valor da conta de água e esgoto. “Os consumidores pagam uma taxa mínima somada ao consumo corresponde em metros cúbicos. Essa taxa varia de acordo com o volume consumido”, informa a Caesb.

News Black

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
x