- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

‘Distrito Federal está pronto para a vacinação da Covid-19’, diz secretário de Saúde

O Plano Estratégico de vacinação contra a Covid-19 no Distrito Federal já está em andamento; Osnei Okumoto garante que todas as salas de vacinação possuem câmara de conservação

Por Ricardo Ulivestro

Em matéria divulgada pela Agência Brasília na noite desta quarta-feira (9), o Governo do Distrito Federal (GDF) informa à população sobre os primeiros passos que estão sendo dados para a realização do processo de vacinação contra a covid-19. Na matéria, aparece a fala do secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto, que, em vídeo gravado nesta semana, garantiu que a infraestrutura para receber as vacinas já está sendo montada. “O Distrito Federal está pronto para a vacinação da Covid-19”, afirmou o secretário.

O fato das vacinas precisarem ser armazenadas em temperaturas muito baixas, isso fez com que o secretário também explicasse que todas as salas de vacinação da rede pública de saúde do DF possuem câmaras de conservação. “Todas as salas de vacinação têm câmaras de conservação. E todas elas são reguladas e fiscalizadas pela Vigilância Sanitária para que tenham condições de armazenar e imunizar nossa população”, explicou Okumoto.

O secretário garantiu ainda que o DF tem em estoque dois milhões de seringas e agulhas de aplicação, e que já foi iniciado um processo de compra de mais 4,8 milhões de unidades do insumo.

Todas as providências necessárias para que a imunização alcance êxito já estão preparadas

A logística, ou seja, o transporte das vacinas até as regiões administrativas também já está sendo feito. De acordo com o subsecretário de Vigilância à Saúde, Divino Valero, as providências em relação ao armazenamento das vacinas, quanto sua distribuição e manutenção em caixas térmicas para os pontos de vacinação já estão sendo tomadas.

“A partir dessas discussões com o Ministério da Saúde estamos estruturando toda a nossa campanha para a vacinação contra a Covid-19. O Distrito Federal está altamente preparado para esta campanha. Não faltarão insumos e todo o público-alvo definido terá acesso à vacina”, assegura Valero.

Nessa semana, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em reunião com os governadores – o secretário Osnei Okumoto participou representado o governador Ibaneis Rocha (MDB) – disse queo país receberá 100 milhões de doses da vacina no primeiro semestre de 2021, de forma escalonada.

Segundo o subsecretário de Vigilância à Saúde do DF, a área técnica da Vigilância Epidemiológica tem participado de reuniões com a equipe do Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde, para traçar um alinhamento sobre as demandas para a vacinação.

“Diante das tratativas com o Ministério da Saúde, estamos também trabalhando com todos os cenários possíveis, tanto para uma necessidade de adequação do espaço, de aquisições que se façam necessárias para melhor acomodação dos insumos, e todo e qualquer outro item que for pertinente para atender aos protocolos da vacina”, salienta Divino.

*Ricardo Ulivestro – Jornalista, membro da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno – ABBP

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
x