Posto de atendimento da Seape na Rodoviária completa 2 anos

Localizado no Na Hora, unidade já realizou mais de 51 mil atendimentos a familiares e advogados de 16 mil reeducandos do sistema prisional

O posto de atendimento da Secretaria de Administração Penitenciária (Seape) localizado no Na Hora da Rodoviária do Plano Piloto completou dois anos de funcionamento, tendo realizado mais de 51 mil atendimentos no período a familiares e advogados de cerca de 16 mil reeducandos do sistema prisional do DF.

O local foi criado para ampliar as opções de pontos de cadastramento de visitantes e advogados no sistema prisional do DF. Além da Rodoviária do Plano Piloto, a pasta possui outros dois postos de atendimento: nas unidades do Na Hora do Riacho Fundo e de Ceilândia.

51.553Número de atendimentos realizado pelo posto da Seape na Rodoviária desde a inauguração

Apesar de as visitas presenciais nas unidades prisionais do DF estarem suspensas por determinação da Vara de Execuções Penais (VEP) do Tribunal de Justiça do DF e Territórios (TJDFT), os atendimentos nos postos da Seape não foram interrompidos. Familiares e advogados podem, com a ajuda de servidores, fazer agendamentos para as visitas virtuais, por exemplo.

O secretário de Administração Penitenciária, Geraldo Nugoli, ressalta o impacto positivo do sistema de visitas por agendamento. “Era comum aquelas filas imensas de pessoas querendo visitar os internos, era sacrificante e desumano com as famílias. Isso agora acabou, e trouxe muito mais comodidade para familiares e advogados”, afirma.

A parceria entre Seape e Na Hora também é celebrada pela secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani. “Nesse período pandêmico, a população carece de mais qualidade e proximidade com as políticas públicas. Sem dúvidas, a parceria tem dado certo, beneficiando o melhor atendimento às famílias dos reeducandos”, destaca.

A unidade de atendimento da Seape na Rodoviária recebeu o nome de “Posto Henrique Honda”, em homenagem ao policial penal Henrique Santos Honda Bispo, morto em 2015 durante um assalto em Taguatinga. Ele foi um dos idealizadores e desenvolvedores do Sistema Siapen-Web,que possibilitou o agendamento de visitas nos presídios.

Para mais orientações sobre o cadastro de visitantes e de atendimento aos advogados, clique aqui.

*Com informações da Secretaria de Administração Penitenciária

Continue Lendo

[wce_code id=1]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
x