Oposição a Ibaneis tenta enganar população com pesquisa fake

Por José Fernando Vilela

A quase um ano para as eleições de 2022, a oposição ao governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, do MDB, resolveu apostar em métodos inescrupulosos para denegrir a imagem do gestor e desdenhar dos seus feitos.

Uma pesquisa do desconhecido Instituto Data Tempo com 2.025 entrevistas realizadas em todo o País, entre os dias 9 e 15 de setembro, foi utilizada para divulgar que Ibaneis figurava entre os governadores mais mal avaliados por sua população, ao contrário de outras feitas por institutos locais que apontam que o governador do DF está muito bem avaliado.

O levantamento duvidoso não aponta os métodos utilizados para colher tal informação junto aos mais de 3 milhões de habitantes do Distrito Federal. Se for considerar que o desconhecido instituto fez uma divisão igualitária entre todos os estados, aqui no DF foram ouvidas 75 pessoas das 2.025. Esse total representa 0,0025% de toda a nossa população.

Caso o Data Tempo tenha considerado a proporção da população do DF em relação ao restante do Brasil, das 2.025 pessoas que participaram da pesquisa, 28 são daqui. Ou seja, o levantamento não condiz com a realidade e não reflete a verdadeira opinião dos brasilienses quanto ao governo Ibaneis.

Podemos até mesmo considerar que dentre os 28 ou 75 entrevistados do DF, alguns estão lotados em gabinetes da oposição ou tem imunidade parlamentar. Quem sabe não estão dando aulas por aí e escolhendo seus ventríloquos para continuar subsistindo por estas bandas.

Ao analisar outros estados, constata-se que a sondagem feita pelo instituto não aponta estatísticas que indicam o real sentimento das pessoas. Portanto, estamos diante de uma pesquisa fake, forjada e, porque não dizer, encomendada.

O que surpreende mesmo é que a oposição que se diz tão íntegra, tão pura, tão sábia, tão intelectual, está jogando por terra o tal do conhecimento, que se supõe que um dia possa ter adquirido na academia, e o utiliza para enganar a população. Pelo visto, vão ter que voltar a sentar a bunda na cadeira e ler todos os livros novamente, se é que leram.

Informações do Portal Expressão Brasiliense

Continue Lendo

[wce_code id=1]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
x