- PUBLICIDADE -

Ibaneis participa de cerimônia de convocação de novos policiais militares

Foram convocados 335 militares no Curso de Formação de Praças (CFP) IX, iniciativa, que segundo o governo, zerou o cadastro reserva do último concurso

Por Ricardo Ulivestro

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), participou, nesta manhã de sexta-feira (24), da cerimônia de recepção de 335 militares no Curso de Formação de Praças (CFP) IX. O evento, que ocorreu no Complexo de Ensino da Polícia Militar (Cepom), em Taguatinga, segundo o governo, celebra a contratação de todos os aprovados no último concurso da Polícia Militar do DF (PMDF).

De acordo com o governo local, com as novas convocações, o cadastro reserva do último concurso foi zerado, fazendo com que de 2019 até agora, tenha sido convocados 2,5 mil novos policiais militares.

“Mudamos a perspectiva de insegurança que existia na cidade com as nossas ações. Reabrimos as delegacias e fiz um compromisso de que essa academia não ficaria um minuto em meu governo sem estar ocupada”, afirma Ibaneis.

O secretário de Segurança Pública, Júlio Danilo, também presente na cerimônia, lembrou que, além dos praças do CFP IX, no dia 30 deste mês serão integrados mais de 700 policiais militares às ruas. “A gente segue formando e investindo na segurança pública do DF. Temos 335 alunos que iniciam hoje esse curso de formação. São mais policiais que até o fim do ano vão concluir o curso e ir para as ruas”, diz Júlio Danilo.

O governo também informa que atuou para reduzir o interstício – tempo que cada militar precisa cumprir no posto ou graduação antes de ser promovido – o que resultou em 8.174 reduções de 2019 a 2022. A corporação também teve concurso autorizado para o provimento de até 2,1 mil novos soldados, com previsão de ingresso até setembro de 2023.

Também presente no evento, o comandante-geral da PMDF, coronel Fábio Augusto, disse que os novos policiais militares que ingressarão no curso de formação de praças fazem parte do cronograma do programa DF Mais Seguro, onde, desde 2019, já incorporou mais 2.585 policiais. “E estamos zerando aqui o cadastro reserva de todo o concurso da Polícia Militar”, lembra o comandante-geral da PMDF.

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -