Ibaneis lança Renova-DF e capacitação de 3 mil trabalhadores em Ceilândia

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, lançou nesta manhã de segunda (31) o programa Renova-DF, em parceria com o Senai-DF, em Ceilândia

Trata-se de programa abrangente que capacita cidadãos, auxilia na iniciativa privada para empreendedores, renova não só a estrutura de cidades, mas das pessoas, preparando-as para inclusão no mercado de trabalho, dando-lhes dignidade. O programa num primeiro momento formará 1 mil trabalhadores, com a perspectiva de 3 mil nos próximos anos.

Ibaneis chamou à frente pessoas representando as primeiras 500 inscritas que estão no programa para receber os primeiros kits. São eles, Adriana Rodrigues, Cláudio Aguiar, Dilma Lazaroto, Amanda Viana e Antônio Aldemir. Em seguida, o governador afirmou que a Praça da Bíblia foi escolhida para mostrar que o DF tem jeito. O projeto abrange várias áreas, que seria impossível de realizar sem a participação do Sistema S.

“De início, muitos pensavam que não conseguiríamos por questão orçamentária, mas quem tem André Clemente como secretário de Economia pode bater no peito e dizer que nesse governo o que não falta é recurso. Conseguimos juntar todas as áreas Novacap, PCB, Sesi, Fibra, orçamento, Câmara Legislativa, todo mundo trabalhando junto para que esse evento desse certo”, reforçou Ibaneis.

O momento é de pandemia e o programa devolverá dignidade às pessoas, segundo o governador. Ele lembrou que inúmeras pessoas perderam empregos e programa será transformado em projeto permanente do GDF para que “milhares de pessoas sejam atendidas, consigam tirar os seus diplomas e consigam montar os seus negócios, empreender e trabalhar para a comunidade do DF”.

“Esse projeto está sendo criado e implantado com muito carinho pela população que temos pelo DF, pelas lideranças das mais diversas cidades. Eu tenho tratado todas as lideranças com muito respeito, porque é ouvindo a população, que a gente consegue trazer as melhorias que são necessárias”, ressaltou o chefe do executivo.

Ele antecipou que na próxima semana estará em Samambaia para lançar esse mesmo projeto e “percorrer todas as 33 regiões administrativas levando pequenas melhorias, rua a rua, cuidando nas pessoas. Podem ter confiança porque vamos fazer muito no DF. Muito em muitas áreas”.

De acordo com o governador o GDF tem-se dedicado fazer grandes obras, mas “temos o cuidado com as famílias, com cada pedaço de chão do DF e olha que não é fácil”.

“Essa cidade estava abandonada há mais de 10 anos, então não serão em quatro anos, que nós vamos conseguir recuperar tudo. Temos que ensinar o caminho para os que chegarem depois da gente continuem na luta da recuperação da dignidade da cidade do DF. É por isso que a trabalhamos em todas as áreas.”

Ibaneis acrescentou que na área rural é levada benfeitorias por meio da Emater-DF e Secretaria de Agricultura. Além disso é feito trabalho junto aos empresários do DF com o apoio do Banco Regional de Brasília (BRB) que “deixou de ser um banco que frequentava as páginas policiais para frequentar as páginas de economia, como um dos maiores bancos desse país”.

O governador assinalou que todos os secretários trabalham de forma unida. “Todo mundo coloca a graxa necessária para fazer a roda girar. É todo mundo juntos por Brasília, pela Ceilândia pelo Sol Nascente-Pô do Sol, tratando o povo como merece ser tratado, com carinho, com emprego, com trabalho, desenvolvimento. Em época de pandemia, são mais de 30 mil empregos gerados no DF, só nas obras públicas.”

Na educação, segundo o governador, foram recuperadas todas as escolas públicas que poderiam ser recuperadas e “hoje, vamos revisitar duas que estão sendo reconstruídas.

No setor de saúde, ele enfatizou que cuidou da população melhorando a rede hospitalar englobando desde as UBSs, as UPAs e hospitais.

“A pandemia chegou, mas o abandono não chegou. Assolou as vidas de muitos dos nossos, mas não assolou a nossa vontade de trabalhar pelo povo do DF. E podem esperar que são inúmeras coisas para vir. São inúmeras licitações em andamento. E nós vamos gerar muito emprego para a população do DF.”

R$ 7 bilhões do BRB na economia

O chefe do executivo disse que ao final da pandemia o DF será o primeiro a sair da dificuldade econômica, porque “não deixamos abandonados os nossos empresários, muitos tiveram que fechar e não aguentaram, mas demos segurança para eles, reduzimos impostos, prorrogamos impostos. Colocamos mais de R$ 7 bilhões do BRB na economia da nossa cidade. Isso tudo para garantir ao pai de família que coloque o mínimo sustento dentro das suas casas”.

Ele citou que o secretário André Clemente colocou dinheiro para pagar 35 mil cartões do Prato Cheio. Há um cuido com a segurança alimentar das nossas famílias e não falatará nada a ninguém.

“Vamos continuar firmes, trabalhando muito para que e gente consiga sair dessa crise, de cabeça erguida”, frisou.

“Eu quero dizer a todos vocês do meu carinho por Ceilândia e a prova disso é tudo o que estamos fazendo aqui, UBS, UPA, revitalização da Hélio Prates, construção do Túnel de Taguatinga. Estamos trabalhando aqui, limpando a cidade, cuidando da cidade, e das pessoas. Que nessa segunda-feira, começamos assim, empregando pessoas, colocando pessoas nesses cursos do Senai, que continuemos trabalhando com muito carinho pela população, que Deus nos abençoe e vamos à luta”, finalizou Ibaneis.

administrador regional de Ceilândia, Marcelo Piauí, durante a solenidade, afirmou que o Renova-DF, não só qualifica e capacita o trabalhador, que na verdade é um trabalho social, como também deixar a cidade mais limpa, bonita e mais organizada.

Piauí disse que o lançamento do Renova-DF foi lançado na praça da Bíblia, em Ceilândia. Ele lembrou do amigo Karl Marx, que deu um exemplo, chegou com uma barraca na praça completamente abandonada, montou com uma tenda tem feito o seu trabalho social, deixando a praça bonita e em condições de ser usada pelas famílias com segurança. “Portanto, governador Ibaneis, fica aqui o nosso agradecimento por ter escolhida a nossa cidade para o lançamento do Renova-DF, ao Senai em nome de todos os moradores de Ceilândia.”

presidente da Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra-DF), Jamal Jorge Bittar, primeiramente, agradeceu a confiança do governador Ibaneis Rocha no Sistema Indústria-DF. Ele lembrou do carinho, apreço ao Sistema S, por parte de Ibaneis desde o início do mandato. Também antecipou que estará pronto para muitos outros projetos.

Segundo Bittar, o Renova-DF é um dos programas mais competentes do país. “Eu milito em questões nacionais. Já temos abordagem de outros estados querendo colar esse programa. Tive notícias de cinco estados que já estão procurando”, disse.

Bittar explicou que é programa que dá formação profissional qualificada num curso rápido, mas que pode ser continuado no Senai. E dá renda num momento tão difícil da economia que é entregue pelo governador. Fornece atividade prática além da teórica. Além disso revitaliza aparelhos públicos para a população.

“No caso aqui de Ceilândia, se Deus quiser no próximo em Samambaia. É um projeto de 3 mil formações com 500 prontos hoje. Eu tenho certeza que inspirará a todos que queiram fazer promoção social eficiente como essa.”

O presidente lembrou que o Senai, dirigido por Marco Secco, é um dos cinco formadores profissionais do mundo e o maior da América Latina. “E essa disponibilização da experiência e confiança que o governador tem no Senai é que está aqui pronta para atender a Comunidade de Ceilândia e sociedade do DF”, concluiu.

diretora de Governo e de Atacado do BRB, Eugênia Regina de Melo, representando o presidente Paulo Henrique Costa, afirmou que o BRB tem orgulho de participar do Renova-DF, permitirá a qualificação profissional de 1 mil participantes, em primeiro momento, e que ao longo do programa vai beneficiar 4 mil pessoas. Isso significa inserção no mercado de trabalho, bem como e capacitação e remuneração dos beneficiados.

“Estamos conscientes da importância de nos unirmos nesse momento e é por isso que estamos aqui hoje na operacionalização do Renova-DF”, disse, acrescentando que o banco tem estado ao lado do GDF em todas as iniciativas tanto sociais quanto econômicas.

secretário de Trabalho, Thales Mendes, disse que as 3 mil pessoas qualificadas terão dignidade e as pessoas que participam do programa, que não são alfabetizadas também poderão participar de forma gratuita. E aquelas que quiserem empreender no final do curso terá em breve linha de crédito específica de microcrédito com juros de 3% ao ano para que as pessoas possam comprar suas ferramentas.

O programa não é de recuperação da cidade, de parques, PECs, mas de recuperação das pessoas, da autoestima de todos aqueles que participam do programa.

deputado distrital Robério Negreiros (PSD) parabenizou os 1 mil primeiros alunos que iniciam nessa jornada do Renova-DF. “Eu vou lutar para que tenha mais orçamento nesse programa como Jamal da Fibra disse, que é um projeto vanguardista aqui no DF.”

Estiveram no evento, o vice-governador Paco Britto, secretário de Governo, José Humberto; secretário executivo da Secretaria de Governo da Presidência da República, Rafael de Sá Sampaio, representando a ministra Flávia Arruda; secretário do Trabalho, Thales Mendes; secretário de Ciências e Tecnologia, Gilvan Máximo; secretário de Desenvolvimento Econômico, José Eduardo Pereira Filho, a presidente da Emater-DF, Denise Fonseca; presidente da Novacap, Fernando Leite, secretário Chefe da Casa Militar, Coronel Emerson de Andrade

Informações Agência Brasília

Continue Lendo

[wce_code id=1]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
x