- PUBLICIDADE -

Hospital de Campanha contra Dengue em Ceilândia | Uma Aliança Vital na Luta Contra a Epidemia

Força Aérea Brasileira e Governo do Distrito Federal unem esforços para enfrentar a crescente crise de saúde na região mais afetada pela doença

Ceilândia, a região administrativa mais afetada pela dengue no Distrito Federal, recebeu um importante reforço na batalha contra a doença. Em colaboração com o Governo do Distrito Federal (GDF), a Força Aérea Brasileira (FAB) inaugurou o Hospital de Campanha (HCamp) nesta segunda-feira (5). Localizado no estacionamento do Hospital Cidade do Sol, o HCamp tem capacidade para atender até 600 pessoas diariamente.

O governador Ibaneis Rocha enfatizou a importância do apoio da população e ressaltou: “Oferecemos todos os recursos, testes rápidos e hidratação para evitar um mal maior aos pacientes. Vivemos um momento de emergência”.

Os módulos do HCamp, trazidos do Rio de Janeiro, foram montados rapidamente, graças à colaboração logística entre a FAB e o GDF. “Temos sete módulos montados e um oitavo em standby para uso em caso de necessidade”, explicou o brigadeiro Maurício Braga, subdiretor de Saúde da Aeronáutica.

Com triagem inicial realizada no próprio Hospital Cidade do Sol, o HCamp visa agilizar o atendimento aos pacientes. Celina Leão, vice-governadora, elogiou a celeridade da instalação e expressou gratidão à FAB.

O HCamp atende pacientes de todas as gravidades, oferecendo desde orientação e soro de reidratação oral até internação para casos mais sérios. Lucilene Florêncio, secretária de Saúde, destacou a importância da assistência rápida, considerando que Ceilândia representa 40% dos casos de dengue na capital.

O corretor de imóveis Wilson Lopes, um dos primeiros pacientes atendidos, elogiou o serviço: “Recebi todas as orientações dos médicos e já estou voltando para casa com a receita dos medicamentos que devo tomar. Foi muito bom”.

Com a inauguração do HCamp, espera-se um significativo avanço no combate à dengue na região, demonstrando o compromisso das autoridades em proteger a saúde da população.

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -