- PUBLICIDADE -

GDF publica data para licitação da reforma do Teatro Nacional

A obra, que terá custo de mais de R$ 54 milhões, será iniciada pela Sala Martins Pena e deverá ser iniciada ainda neste

Por Ricardo Ulivestro

Foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), desta terça-feira (24), o aviso de retomada de licitação para a contratação de empresa especializada para execução da reforma da Sala Martins Pena, compreendendo a primeira etapa das obras do Teatro Nacional Claudio Santoro (TNCS).

De acordo com a publicação, contratação será feita por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec), responsável pela gestão do espaço, e custará aos cofres públicos, cerca de R$ 54.029.412,22.

“Voltamos com todo fôlego para a retomada dessa obra vital para a economia e a cultura de Brasília”, diz o secretário de Cultura e Economia Criativa do DF, Bartolomeu Rodrigues.

A reforma do Teatro Nacional é uma demanda antiga da população e foi uma das principais promessasda campanha eleitoral do governador Ibaneis Rocha (MDB). Tanto que, em janeiro deste ano, o governadoranunciou a obra, pelas redes sociais, rompendo quase uma década de palco vazio e luzes apagadas.

“Fechado há oito anos, vamos começar as obras para reabrir o Teatro Nacional Cláudio Santoro. Desde o primeiro dia do nosso governo, estamos resolvendo pendências deixadas por um projeto de reforma, buscando até mesmo financiamento externo”, afirmou o governador à época.

A licitação será realizada em 11 de julho, às 9h, na sede da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap). Na ocasião, serão abertos os envelopes com as propostas concorrentes.

O edital do certame e seus anexos devem ser retirados exclusivamente no site da Novacap a partir desta quarta-feira (25).

Edital e seus anexos devem ser retirados exclusivamente no site www.novacap.df.gov.br a partir desta quarta-feira (25)

Contatos: 3403-2321 ou 3403-2322 e e-mail [email protected].

*Ricardo Ulivestro – Jornalista membro da Associação Brasileira de Portais de Notícias – ABBP

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -