- PUBLICIDADE -

Coleta seletiva começa em mais seis regiões na segunda-feira (16)

Por Ricardo Ulivestro

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), lançou, nesta sexta-feira (16),o sistema de coleta seletiva para mais seis regiões administrativas – Jardim Botânico, de Arniqueira, do SCIA/Estrutural, do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), da Fercal e de Brazlândia. O lançamento da expansão do serviço foi acompanhado pela assinatura da ordem de serviço que autoriza a expansão da coleta seletiva para 32 regiões administravas.

“A gente tem que pensar que o aterro sanitário tem capacidade finita, por isso precisamos estimular o máximo possível o descarte correto de recicláveis e, entre outras coisas, preservar e melhorar o meio ambiente”, afirmou Ibaneis.

Atualmente, o Serviço de Limpeza Urbana (SLU) conta com 41 contratos com cooperativas de catadores, sendo 22 de coleta seletiva porta a porta e 19 de prestação de serviço de triagem.

A intenção do governo com tal iniciativa é de ampliar o sistema de coleta seletiva para quase 100% do DF, uma vez que, o descarte e o encaminhamento correto de recicláveis evita que o aterro sanitário receba cerca de 500 toneladas por dia de materiais poluentes ao meio ambiente.

“A não separação do lixo reciclável do orgânico causa prejuízos ao poder público porque reduz a vida útil do aterro, além de tirar a chance de renda de quem faz disso uma renda”, diz diretor-presidente do SLU, Silvio de Morais.

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -