- PUBLICIDADE -

Cras Guará tem espaço reformado para atender famílias em situação de vulnerabilidade

Nesta terça-feira (4), a Secretaria de Desenvolvimento Social do Distrito Federal (Sedes) realizou a entrega simbólica de outra unidade socioassistencial que passou por melhorias estruturais, a segunda em menos de um mês. Agora foi a vez do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do Guará, que teve seu espaço completamente reformado para aprimorar o atendimento de aproximadamente 13 mil famílias referenciadas pelo equipamento.

O GDF investiu mais de R$ 1,2 milhão na reforma do Centro de Referência de Assistência Social do Guará | Fotos: Renato Raphael/ Sedes-DF

Em manutenção desde o ano passado, o Cras Guará passou por pintura, revitalização do auditório, reformulação das salas, adequação dos banheiros, reforma de forro e telhado, melhorias na parte elétrica, limpeza e jardinagem. O investimento para a modernização da unidade foi de R$ 1.253.885,71.

A secretária de Desenvolvimento Social, Ana Paula Marra, visitou o local para acompanhar as melhorias implementadas. “O Cras Guará tem 50 anos de história e sua última reforma foi em 2009. Agora, o espaço está maravilhoso, incluindo uma nova copa para a equipe. Sempre enfatizo a importância de cuidar dos servidores, para que possam servir ainda melhor à população”, afirma. O centro socioassistencial do Guará foi inaugurado em 8 de outubro de 1973, quando a Sedes ainda se chamava Fundação de Serviço Social.

A unidade passou por pintura, renovação das salas, adequação dos banheiros, reforma de forro e telhado, melhorias na parte elétrica, limpeza e jardinagem

Localizado nas entrequadras 15/26 do Guará II, o centro de referência atendeu, em 2023, 3.739 pessoas que solicitaram 2.498 benefícios, tais como os auxílios natalidade, vulnerabilidade, excepcional, solicitação de inserção no programa Cartão Prato Cheio, entre outros. No entanto, cerca de 13 mil famílias têm cadastro ativo no Sistema de Assistência Social (SAS) com referenciamento do Cras Guará.

Além disso, o auditório da unidade também é usado para atividades do Alcoólicos Anônimos (AA) e Narcóticos Anônimos (NA), comunidades de apoio mútuo formadas por pessoas que ajudam a resolver os problemas do alcoolismo e da dependência química.

O auditório, que também é usado para atividades dos Alcoólicos Anônimos (AA) e dos Narcóticos Anônimos (NA), foi todo reformado

Alba Rodrigues é auxiliar administrativa da Sedes há 24 anos, sendo 19 deles dedicados ao Cras Guará. Para a servidora, é uma alegria ver as melhorias implementadas. “A unidade não passava por reforma há anos, com uma estrutura que necessitava de reparos. Até eu me aposentar, daqui a três anos, eu queria muito trabalhar em um local novo, bonito. Consegui. Estou muito feliz”, declara. “Acredito que até mesmo a nossa comunidade que utiliza o Cras vai ficar encantada com o local renovado”.

O papel do Cras

O Centro Referência de Assistência Social (Cras) é a porta de entrada para a Política de Assistência Social. A principal função é fornecer serviços socioassistenciais básicos às famílias em situação de vulnerabilidade e risco social. Esses serviços visam promover o fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários, prevenir situações de fragilidade social e promover a inclusão.

O equipamento realiza, entre outras ações, atualização de Cadastro Único, inclusão em benefícios de segurança alimentar e auxílios eventuais, atividades socioeducativas, acompanhamento familiar com especialistas em assistência social e fortalecimento do trabalho conjunto com outros órgãos de proteção e defesa do Governo do Distrito Federal (GDF).

No DF, há pelo menos 33 unidades distribuídas em diferentes regiões administrativas. O atendimento deve ser feito com data e horário agendados pelo telefone 156 ou pelo site da Sedes. Confira aqui o endereço do Cras mais próximo de você.

*Com informações da Secretaria de Desenvolvimento Social

Fonte: Agência Brasília

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -