- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Caso se covid-19 caem em agosto em comparação com julho, informa Secretaria de Saúde

Houve queda também na primeira quinzena de agosto ante a segunda quinzena de julho; número de infectados pela doença na capital federal chega a 163.498, sendo que 147.144 já se recuperaram

Por Redação

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) informou, em nota divulgada pela imprensa local, que o número de casos de covid-19, em agosto, ficou abaixo ante o mês de julho. A pasta afirmou também que não houve aumento “expressivo” na comparação da segunda quinzena de julho e a primeira quinzena de agosto. Porém, a nota destaca que mesmo com as reduções ainda não se pode falar em estabilidade da doença.

Para a SES-DF, alguns dos motivos que contribuíram para essa redução do número de casos foi a implantação de técnicas preventivas, como ampliação de leitos, testagem em massa e fiscalização da adoção das medidas de segurança.

“O que os especialistas apontam como principais medidas para evitar o contágio é o uso de máscara, higienização frequente das mãos e o distanciamento social, evitando aglomerações”, diz a nota.

Conforme divulgado pela imprensa local, o número de casos no DF, em julho, foi de 57.074 contra 55.750 em agosto. Para especialistas na área epidemiológica, as contaminações devem começar a cair no DF a partir de agora. Em contrapartida, eles ressaltam que mesmo assim as precauções, tanto por parte do poder público quanto da sociedade, precisam ser praticadas.

“Com certeza, ainda é momento de atenção. Se as pessoas não tomarem cuidado, podemos ter segunda onda de crescimento. Você tem muita gente que não pegou e o potencial de aceleração continua grande. Essa é uma batalha que só se ganha quando acaba de fato, porque o descuido pode levar a novo crescimento”, disse o professor do Centro Universitário Iesb, doutor em administração e especialista em análises de dados e quantitativos estatísticos, Breno Adaid em entrevista à imprensa local.

Atualizações

O último boletim divulgado pela SES-DF, em relação ao número de casos e mortes por covid-19, mostra que 2.573 pessoas morreram pela doença até nesta terça-feira (1). Desse total, 218 vítimas eram pacientes de outros Estados que buscaram assistência médica nos hospitais do DF.

DF tem mais 1.456 novos casos confirmados de covid-19

Ainda de acordo com a pasta, a maioria das vítimas que faleceram em razão da covid-19 era moradora de Ceilândia (449 óbitos). A região administrativa é seguida por Taguatinga ( 256); Samambaia (211); e Plano Piloto (159).

Em relação ao número de contaminados, o DF registrou, até o último momento, 1.456 novos casos de covid-19. No total, o número de infectados pela doença já chega a 163.498, sendo que 147.144 já se recuperaram, ou seja, há 16.354 casos ativos.

Ceilândia também está em primeiro lugar em relação ao número de infectados, com 19.419 registros; seguida do Piloto, com 16.773 contaminados, e em terceiro, Taguatinga, com 13.155.

Fonte News Black

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
x