25/08/2010. Crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press. Brasil. Brasília - DF. Pessoas que assistem às reprises exibidas no cinema. Cine Brasília vazio.

A meta é informar sobre os riscos de dirigir com a pista molhada e com baixa visibilidade

Por Redação

Foi publicado no Diário Oficial do DF (DODF) o decreto 41.353 que dá fim a necessidade de intercalar assentos em igrejas e cinemas. A medida, que foi inicialmente implantada para conter o avanço da covid-19, previa que os assentos nesses espaços deveriam respeitar a determinação de deixar sempre um espaço vago entre um assento e outro. Agora, com o novo decreto do governo, essa medida foi retirada, na prática, famílias ou grupo de pessoas com até seis membros poderão ficar juntos numa mesma fileira, desde que respeitem o distanciamento.

“Afastamento mínimo de um metro e meio de uma pessoa para outra, com a organização dos espaços físicos para manter a distância mínima entre frequentadores e grupos de frequentadores, limitados a 6 pessoas”, diz o decreto.

As medidas de segurança determinadas pelo Ministério da Saúde e Organização Mundial de Saúde (OMS), e adotados pela Secretaria de Saúde do DF, continuam valendo para estabelecimentos como igrejas e cinemas. Portanto, o uso de máscaras, medição de temperatura, proibição de pessoas com comorbidades, disponibilização de álcool gel e mecanismos de higienização de calçados continuam sendo medidas obrigatórias nesses ambientes.

Fonte News Black

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here